segunda-feira, 8 de março de 2010

Da série "tem que ver"

O que é o medo? É aquele frio no estômago? A insônia inesperada? A crise de choro? É o que nos paralisa ou o combustível pras nossas mudanças? 

Pensando nisso, lembrei de um filme delicado e despretensioso que vi há uns anos: Minha Vida Sem Mim, dirigido pela Isabel Coixet. Nele, uma jovem de 23 anos, casada com o primeiro homem da sua vida, com duas filhas pequenas e vivendo em um trailer, descobre que tem uma doença terminal. Brabeira, né? Depois do choque inicial, o que ela faz é criar uma lista de tudo o que quer fazer antes de morrer e começar a pôr os planos em prática, serena e obstinadamente.

Como protagonista, está a ótima Sarah Polley. O elenco traz ainda Mark Ruffalo, Scott Speedman, Debbie Harry (sim, ela mesma, a vocalista do Blondie) e Maria de Medeiros. Pra completar, uma das trilhas sonoras mais lindas desse mundo. Só pra dar o gostinho, taí o trailer, ó:

3 comentários:

Leca disse...

Eu adorei esse filme...a trilha é linda também...
Parece difícil...mas esse exercício de viver...viver o que se quer...pensar em quem se gosta...não é simples...mas pode dar resultados...nos escondemos atrás de medos, inseguranças e dúvidas...e deixamos de viver...
Achei lindo no filme como ela resgata o que de fato é importante para ela sem esquecer da família...
beijo
obrigada pela lembrança do filme...acho que rever...
Leca

Mattheus Rocha disse...

Não vi 'Minha Vida Sem Mim', mas parece ser bem interessante mesmo. Vou colocar na minha imensa lista. Uma hora o vejo rsrs

Beijos.

Tais Carvalho disse...

Eu assisti esse filme e amei tanto que tenho o cartaz guardado meio amassado, mas não me desfaço dele.É lindo, poético e apesar do final que todos eles espera, ela morre, não é triste. Deixa no ar algo mágico que só vendo para entender.